• Assine nosso RSS Feed

A Casa

Casa de Portugal VR - Portaria

Em 1980, a Comunidade Portuguesa em Volta Redonda se fazia presente na figura de vários imigrantes que mantinham vivas as lembranças e as tradições da Terra Natal. Sempre que se reuniam, ao sabor de um bom vinho português, ao som de violas e concertinas recordavam num fado, numa rusga, cana verde ou num vira, um passado saudoso e marcante. Nestas reuniões surgia constantemente idéia de fundar uma entidade onde pudessem cultivar e manter as tradições Lusitanas, na Cidade de Volta Redonda.

Essas confraternizações eram realizadas na tradicional “Churrascaria JK” de propriedade do entusiasta minhoto natural de Covide, o Sr. Manuel Fernandes Pires da Silva que contou com a força de outro minhoto de Sobradelo da Goma, o Sr. Adelino Corrêlo, do entusiasta Sr. José Marques, natural da Freguesia de Candosa, que juntos idealizaram e propuseram a criação da Casa e Portugal de Volta Redonda.

No dia 22 de abril de 1980 o desejo se transformou em realidade e de fato foi fundada a CASA DE PORTUGAL DE VOLTA REDONDA, registrada em cartório nesta data e o seu primeiro estatuto constituído. Para a sua fundação foram admitidos, quarenta e cinco Portugueses natos e Sócios Proprietários. Mais tarde o quadro social tomou corpo nas categorias de sócios: Fundadores Grandes Beneméritos; Proprietários Fundadores; Proprietários Natos; Contribuintes e Honorários.

Portugueses, brasileiros e os cidadãos de bem se uniram, edificaram e fizeram parte desta Entidade onde não se descrimina raça, cor, opiniões políticas, e crenças religiosas. Inicialmente duas salas foram alugadas e mobiliadas no Edifício Cecisa II e onde se realizavam as reuniões e funcionava a secretaria. Mais tarde, tendo como entusiasta Antônio da Rocha Rodrigues Porto foi realizada a compra da Área de 50.100 M2 na Rodovia dos Metalúrgicos, onde se construiu a atual sede social, administrativa e esportiva da Casa de Portugal.

A primeira Diretoria estatutária homologada pela Assembléia foi constituída por quinze membros assim designados: Presidente – José Marques, Assessores – Antonio de Rocha Rodrigues Porto, José Mauro Alves Correia e Carlos Alberto Imbruglia. Vice Presidente – Abílio Ferreira Marques, e Secretários.

Pela diretoria da Casa de Portugal passaram muitos portugueses e brasileiros ilustres e os Presidentes que sucederam o Senhor José Marques(1980 a 1983), foram o Sr. Abílio Ferreira Marques (1983 a 1986), o Sr. Antônio Marques (1986 a 1992) , o Sr. Julio da Rocha Ferreira (1992 a 1995), o Sr. Américo Celestino Duarte Pinto (1995 a 1996), o Sr. Manoel Cozinha Mattos(1996 a 2001), o Sr. Toniato de Jesus Rodrigues(2001 a 2004) , o Sr. Heno Gropo do Santos(2004 a 2010) e atualmente é presidida novamente pelo Sr. Manoel Cozinha Matos (2010 a 2013).

Logo após a criação da Casa, foi criado o Rancho Folclórico Rendilheiras de Portugal, que em 05 de Outubro de 1980 apresentou-se pela primeira vez. O Rancho Folclórico foi idealizado e criado pelo Candosense Antônio Oliveira Correia, que também foi o ensaiador, motivador, cantador, dançarino e coordenador deste formidável grupo etnográfico por vários anos. Hoje é reconhecido pela sua importância cultural e etnográfica da cultura portuguesa no Brasil.

Hoje a Casa de Portugal de Volta Redonda, é reconhecida como entidade de utilidade pública municipal. A Casa de Portugal de Volta Redonda realizou várias festividades e eventos, entre festas, shows, cerimônias oficiais e religiosas, atividades esportivas, almoços e jantares. É local de encontro de famílias brasileiras e portuguesas na Cidade de Volta Redonda. Recebe anualmente milhares de convidados em suas instalações e pretende aumentar seu Parque Esportivo para melhor atender aos associados e convidados.

A Casa de Portugal tem por princípio fundamental, congregar cidadãos dignos de elevada reputação moral e social, tornando-os conhecidos e irmanando-os nos princípios da solidariedade humana. Também, visa à preservação dos costumes portugueses, através da dança, da música, da gastronomia e da cultura Portuguesa. A casa de Portugal é um privilégio de todos.

 

Conheça nossas locações